[vc_row][vc_column][vc_single_image image=”1684″ img_size=”full” style=”vc_box_rounded”][vc_empty_space][vc_column_text]Disney's_Animal_Kingdom_logoO Disney’s Animal Kingdom é o quarto de quatros parques temáticos construídos no Walt Disney World Resort em Bay Lake, próximo a Orlando, Flórida, Estados Unidos, inaugurado no Dia da Terra, 22 de abril de 1998 e é o maior parque temático único da Disney no mundo, cobrindo 200 hectares e também o primeiro parque temático da Disney a ter como tema a conservação animal, uma filosofia seguida pelo próprio Walt Disney. O Disney’s Animal Kingdom é credenciado pela Associação de Zoológicos e Aquários e pela Associação Mundial de Zoológicos e Aquários, o que significa que ele cumpriu ou excedeu os padrões de educação, conservação e pesquisa.

O parque é representado pela Árvore da Vida, uma árvore artificial esculpida de com 44 m de altura e 15 m de largura. É definitivamente uma obra de arte, ela é artificial, mas ela parece ser muito real, você só nota que é artificial quando, está em baixo dela, caso contrário, ela parece ser real.

Seu caule, é todo esculpido com animais de diferente espécie. Um mais bonito que o outro, o que mais chama a atenção sem dúvidas é a riqueza de detalhes deles.

Walt Disney World Photo

A árvore da vida

 

Áreas

O Disney’s Animal Kingdom é dividido em seis áreas temáticas.

  • Oasis
  • Discovery Island
  • África
  • Rafiki’s Planet Watch
  • Ásia
  • DinoLand U.S.A

 

Oasis

 

O Oasis é a entrada principal do parque, oferecendo alguns serviços aos visitantes. Ele conta com alguns habitats de animais, incluindo espécies de plantas. O caminho principal leva à parte mais interior do parque e à Discovery Island.

IMG_1144

 

Um Rainforest Café também se localiza na entrada do Oasis, embora ele esteja fora dos limites do parque. Os visitantes podem comer no restaurante sem entrar no Disney’s Animal Kingdom, enquanto os visitantes que entram no restaurante vindo do parque temático estão na verdade saindo do parque e devem apresentar seu ingresso quando retornar ao parque.

 

IMG_1142

 

Discovery Island

 

Araras na Discovery Island

A Discovery Island localiza-se no centro do parque, no meio do canal do Discovery River. Ele é o centro do parque, conectando as outras seções do parque, com exceção do Rafiki’s Planet Watch. Ele originalmente era chamado de Safari Village, visto que Discovery Island era o nome do pequeno parque zoológico localizado na Bay Lake do Walt Disney World, mas recebeu seu nome atual após as instalações fecharem em 1999.

A Árvore da Vida, a árvore baobá esculpida pelo homem e icônica, localiza-se nesta seção e é cerca por trilhas e recintos de animais, apresentando espécimes de animais.

 

Tree of Life – símbolo do parque

 

As maiores lojas de lembrança do parque e dois de seus maiores restaurantes estão em Discovery Island, cada um com um tema diferente, bem como decoração baseada em animais noturnos, insetos e assim por diante. Outra atração principal da ilha é It’s Tough to Be a Bug!, um filme 4-D cômico que conta com aparições de Flik e Hopper da animação da Disney·Pixar A Bug’s Life ( Vida de Inseto)

 

África

Situada na vila africana fictícia de Harambe, esta área contém alguns animais em exibição. De acordo com a lenda da Disney, Harambe era parte de uma colônia, mas uma revolução pacífica tornou Harambe auto-regulada em 1961. Atualmente, Harambe é o ponto de início para turistas e estudantes observarem os animas da África em seus habitats naturais.

A vila é o homônimo da Harambe Wildlife Preserve, o lar fictício da principal atração de África, Kilimanjaro Safaris. Os visitantes sobem a bordo de um veículo de safári aberto para uma expedição para ver vários animais africanos andando livremente pela savana, rios e colinas rochosas

Em 2014, Festival of the Lion King, uma atração que surgiu na seção atualmente fechada Camp Minnie-Mickey, foi reaberto no recém-construído Harambe Theater. Ele é uma parte de uma expansão maior da Africa, que incluirá um novo caminho e novos restaurantes.

 

Rafiki’s Planet Watch

 

Rafiki’s Planet Watch é uma seção para crianças novas e com famílias e a única seção do parque não conectada à Discovery Island, sendo conectada com a África. Os visitantes embarcam no trem Wildlife Express Train para uma viagem curta para a área, que consiste de três sub-áreas. Os visitantes primeiro encontram o Habitat Habit!, onde eles podem ver Saguinus Oedipus e aprender sobre os esforços para proteger esses primatas com risco de extinção em seus lares naturais. Ao logo do caminho, os visitantes podem aprender como fornecer habitats animais em seus lares.

Conservation Station mostra os vários esforços de conservação apoiados pela Walt Disney Company. Ele também dá um vislumbre por trás das cenas nas instalações de cuidado ao animal do Disney’s Animal Kingdom, incluindo uma sala de exame veterinário completa com sistemas de comunicação para que os veterinários possam responder às perguntas dos visitantes. Do lado de fora, a Affection Section é um pequeno zoológico com cabras, ovelhas e outros animais domésticos.

 

Ásia

 

A montanha de Expedition: Everest

IMG_1389

 

Ásia foi a primeira área adicionada ao Disney’s Animal Kingdom, abrindo em 1999. Como África, as atrações da seção são parte de um local fictício, o reino de Anandapur. Anandapur compreende duas vilas: uma vila na margem do rio que também é chamada de Anandapur e Serka Zong. Retratos da família real de Anandapur (consistindo do marajá e sua esposa) podem ser encontrados na maioria dos negócios nas duas vilas, um mapa do reino apresentando ambas as vilas e seus locais relativamente às montanhas e rio podem ser encontrado na parede do quiosque do Disney Vacation Club localizado lá. Como em Harambe, a lenda da Disney afirma que Anandapur é agora um centro de pesquisa animal e turismo. No Palco Caravan, esses dois “mundos” se encontram em Flights of Wonder, um show de pássaros ao vivo onde um dos pesquisadores de pássaros de Anandapur ensina um guia turístico com medo de pássaros sobre os comportamentos naturais deles e os efeitos da perda de habitat e esforços de preservação da espécies de pássaros, como o grou-coroado e águia-de-cabeça-branca.

A Maharajah Jungle Trek leva os visitantes pelas florestas e ruínas fora da vila, que abrigam várias espécies de animais.

Próximo, o Kali River Rapids é uma corredeira rápida junto ao fictício Rio Chakranadi que passa por uma floresta, uma operação de desmatamento e por uma cachoeira.

Atrás de Anandapur está a Montanha Proibida (Forbidden Mountain), que abriga a Expedition Everest, que é uma montanha-russa pelo Himalaya onde os passageiros encontram um Yeti.

 

DinoLand U.S.A.

 

Entrada da área Dinoland

DinoLand U.S.A. foi inspirada pela curiosidade do público em geral por dinossauros. O fictício Instituto Dino e suas instalações vizinhas atraem aqueles com um interesse científico nos animais extintos, enquanto Chester e Hester’s Dino-Rama lembram as muitas roadside attraction que se encontram por todo os Estados Unidos. Como outras seções do Disney’s Animal Kingdom, há animais em exibição.

Esses animais, como o crocodilo americano, Cariama cristata, cegonha-de-abdim e Manouria emys, possuem ligações evolucionárias com a era dos dinossauros. Eles eram espécies de animais que sobreviveram à era doso dinossauros e podem ser encontrados juntos à Cretaceous Trail com uma variedade plantas mesozoicas. Na ponta do DinoLand U.S.A. está o “Theater in the Wild”, que abriga o Finding Nemo – The Musical, um musical ao vivo baseado na história da Disney·Pixar Procurando Nemo.

O Instituto Dino abriga o DINOSAUR, uma atração que conta com uma viagem no tempo até o Cretáceo Superior. Logo fora do Instituto está o “Dino-Sue”, Um fóssil do Tiranossauro rex que é o mais completo já encontrado. No Boneyard ao lado, as crianças se divertem em um playground de vários andares com um fóssil de mamute-columbiano a ser descoberto, além do esqueleto de um Brachiosaurus.

Chester and Hester’s Dino-Rama, por outro lado, é sobre dinossauros como diversão. O TriceraTop Spin é uma atração colorida para famílias, enquanto a Primeval Whirl é uma montanha-russa que gira. Na área localizam-se barracas de jogos e lojas de lembranças, bem como existe a chance de se encontrar com personagens da Disney.

 

Áreas futuras

Pandora: The Land of Avatar (Previsão da Obra 2017)

Então aqui está uma oportunidade… de trazer este mundo à vida e levar você para andar e ver coisas que não viu no primeiro filme nem nos dois posteriores.

–James Cameron

Em setembro de 2011, a Walt Disney Parks and Resorts anunciou planos de fazer uma parceria com o diretor James Cameron, sua produtora Lightstorm Entertainment, e a 20th Century Fox para desenvolver atrações baseadas no filme Avatar de Cameron exclusivamente para os parques temáticos da Disney. A primeira instalação é planejada para o Disney’s Animal Kingdom na forma de uma seção baseada em Avatar no parque. A área esta send construída e muito aguardada por todo o público.

DAK_AVATAR-742x343

DAK_AVATAR2-742x322

Prévia da sessão do Avatar

 

Componentes dos segundo e terceiro filmes da série Avatar serão apresentados, junto com novos designs não vistos em qualquer dos filmes. A construção foi iniciada em 10 de janeiro de 2014. Embora a maioria dos detalhes ainda não sejam conhecidos, a Disney confirmou uma atração de barco mostrando a fauna e flora nativas de Pandora que podem incluir pequenas quedas e um simulador onde os visitantes aprenderiam a voar em um banshee da montanha.

Navi_groundBreaking_0108ZW_DR-640x420

DAK_AVATAR3-742x305

Estacionamento

Os Visitantes pagam uma taxa por um passe de estacionamento válido por um dia em todos os 4 parques temáticos: Magic Kingdom Park, Epcot, Disney’s Hollywood Studios e Disney’s Animal Kingdom Theme Park.

  • Estacionamento preferencial: carro ou moto – US$ 35 por dia
  • Estacionamento padrão: carro ou moto – US$ 20 por dia
  • Ônibus de transporte, limousine, motorhome, trailer ou veículo recreativo – US$ 22 por dia
  • Ônibus ou caminhão – US$ 25 por dia (informações oficiais do site da Disney)

    Estacionamento para visitantes com necessidades especiais

    Estão disponíveis áreas de estacionamento designadas para visitantes com necessidades especiais por todo o Walt Disney World Resort. É necessária uma licença válida de estacionamento para portador de necessidades especiais.

    Estacionamento nos Parques Temáticos
    Visitantes com capacidade de andar distâncias curtas e subir nos bondes gratuitos devem estacionar nos estacionamentos principais do Magic Kingdom Park, Epcot, Disneys Hollywood Studios e Disneys Animal Kingdom Theme Park. Bondes gratuitos transportarão os Visitantes à entrada principal de cada parque temático.

    Vagas de estacionamento para visitantes com necessidades especiais
    Visitantes com necessidades especiais de mobilidade, inclusive aqueles viajando com suas próprias cadeiras de rodas, scooters elétricas ou outros dispositivos de mobilidade, devem utilizar nossos estacionamentos para visitantes com necessidades especiais, localizados a uma pequena distância da entrada principal de cada um dos 4 parques temáticos do Walt Disney World Resort. Observe que os bondes de cortesia não são necessários, e por isso não atendem esses locais.

    Para mais orientações sobre as opções de estacionamento, os visitantes devem se informar nas 4 Auto Plazas localizadas na entrada de cada um dos 4 estacionamentos dos parques temáticos do Walt Disney World. (informações oficiais do site da Disney)

Estacionamento para portadores de passes anuais: Para as pessoas com passes anuais Premium e do Disney Premier Passort o estacionamento é cortesia. (informações oficiais do site da Disney)

Obs.: Se você for de um parque para o outro, não precisa pagar novamente, somente apresentar o Ticket de pagamento do estacionamento válido do dia.

 

Endereço Disney’s Animal Kingdom

Endereço do Parque:

2901 Osceola Pkwy,

Orlando, FL 32830, EUA[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]